• 18 de setembro de 2018

Mariella Patti: conheça a sensibilidade e representatividade da artista!

Mariella Patti: conheça a sensibilidade e representatividade da artista!

800 532 Olive Comunicação e Marketing

Mariella Patti

Artista Plástica

Mariella Patti

Artista Plástica

Mais que apenas técnicas, o trabalho da artista Mariella Patti envolve seus sentimentos, pensamentos e inspirações. Na arte, Mariella encontrou poder de expressão para representar a si mesma e também outras milhares de mulheres. Confira mais!


Aos 28 anos, Mariella encontrou na arte uma forma de expressar o que pensava e sentia. Desde então, a artista utiliza diversas técnicas em trabalhos inspirados pela astronomia, mitologia e muito mais! A Olive conversou com a artista que contou um pouco de sua trajetória.

Como seu trabalho começou, você sempre sonhou em ser artista?

“Minha história com arte é meio incomum: só comecei a desenhar e pintar com 28 anos. Nunca foi um sonho porque mesmo admirando artes visuais, não sabia desenhar nem bonequinho de palito, então achava que não era para mim. Comecei por pura necessidade: entrei em uma fase pesada de autoconhecimento e tive que encontrar um meio de me expressar, colocar o que pensava e sentia para fora. É estranho perceber que houve uma época que arte nem fazia parte do meu dia a dia. Hoje é basicamente o mais importante, o que me define como ser humano.”

 

Que tipos de trabalho você realiza? Eles possuem alguma técnica específica?

“A maior parte dos meus trabalhos é uma mistura de aquarela com linework. Sempre feitos de maneira tradicional, em papel para aquarela. Alguns deles são digitalizados e tratados para serem impressos. Também faço alguns trabalhos com tinta acrílica e spray pra graffiti: telas, painéis de madeira, esculturas pintadas e estou planejando começar a fazer murais. Acabo usando o que for necessário para conseguir materializar a imagem que está na minha cabeça, sem regras. Já usei spray de graffiti junto com aquarela, por exemplo.”

 

O que mais te faz feliz em seu trabalho como artista?

“Tem duas respostas para isso. A satisfação e alívio internos em conseguir materializar, concretizar, ilustrar o que sinto. Isso é bem pessoal porque é quando consigo trazer para o real o que fica escondido no meu subconsciente. É quando tenho insights sobre mim, quando evoluo. E tem a felicidade que sinto quando alguém vê meus trabalhos e diz ‘você conseguiu ilustrar algo que eu sinto’. Cada um interpreta e sente a arte de um jeito particular, claro. Mas mesmo assim sei que, quando alguém se identifica, é porque captou a essência do que eu quis dizer. Essa conexão é muito sutil, mas muito poderosa. A maior parte das pessoas que vem falar comigo sobre meus trabalhos é mulher, e sinto que rola uma cumplicidade, muitas vezes silenciosa, através da imagem a gente se entende e se apoia. São dores e amores que só mulheres entendem”.

Você possui alguma grande inspiração artística?

“Entre os grandes pintores meus preferidos são Van Gogh e Dali. Também me inspiro e sou apaixonada pelo trabalho de algumas artistas atuais: as brasileiras Caroline Jamhour, Eva Uviedo, Luda Lima e Rita Wainer, a russa Lora Zombie e minha preferida, a americana Chiara Bautista. Tem também a performer Marina Abramovic e o diretor chileno Alejandro Jodorowsky.  O cinema me inspira muito, principalmente filmes com traços surrealistas e, do lado oposto, ficção científica. Minha formação acadêmica é em Ciência (Biologia, com pós em Educação Científica) então meus estudos sobre Astronomia, por exemplo, são parte de quase tudo que eu crio. E mitologia grega/romana, sempre”.

 

Qual sua motivação para levantar todos os dias?

“Acho que o que mais me motiva é a busca pelo conhecimento, em todos os sentidos. O autoconhecimento, no sentido de tentar entender quem sou, quem fui, quem estou me tornando, meus sentimentos, pensamentos, minha sombra, meu lugar e missão nessa vida. E conhecer o que está fora: o ser humano e seus extremos, tentar entender os contextos e verdades alheias, tão diferentes dos meus, o universo de cada pessoa. E no macro, entender como a nossa civilização caminha. E, claro, a natureza: as formas de vida, o planeta, o Universo. Eu tenho formação acadêmica em Ciências justamente por isso: não consigo parar de buscar e conhecer. O legal é que quanto mais me conheço, conheço o mundo, as pessoas e a natureza, mais percebo que não sei nada, mais descubro coisas que não sei e nunca saberei”.

 

Qual dica você daria para alguém que sonha em trabalhar com arte?

“Primeiro, mergulhe em referências de todos os tipos: acompanhe o trabalho de artistas de diferentes estilos, veja muitos filmes, leia de tudo, estude os temas que te interessam fora do mundo da arte, ouça muita música, observe o mundo e as pessoas. Segundo: pratique muito, para aperfeiçoar sua técnica e principalmente para definir seu estilo, desenvolver uma linguagem só sua. Terceiro: mostre seu trabalho, se divulgue, fale com as pessoas. Nem sempre é fácil, como no meu caso, mas tem que tentar”.

Qual a maior dificuldade em trabalhar com arte em Bauru?

“Esse é um ponto complicado. Muito mais do que apenas criar, você tem que correr atrás de feiras, eventos e principalmente conhecer pessoas, ter os contatos certos. Eu tenho dificuldade com esse lado porque sou mais na minha, gosto de direcionar a energia para a criação propriamente dita então acabo perdendo algumas oportunidades. De qualquer modo, o espaço para a arte em Bauru está crescendo muito, mas isso nem sempre se traduz em vendas. Uns 70% de tudo que já vendi foi pela internet”.

 

Onde podemos encontrar seus trabalhos?

“Tenho publicado quase exclusivamente no Instagram @mariella.arte, que mistura meu trabalho artístico com fotos pessoais, como um diário visual. Meu site mariellaarte.com está quase pronto e vai ter galeria, loja, textos. E pra saber quais artes (originais ou cópias) estão disponíveis, fazer encomendas, propor parcerias ou até só trocar ideias, é só falar diretamente comigo no Instagram, pelo email mariellapatti@gmail.com ou pelo Whatsapp (14) 98149 3403”.


Se você curte o mundo da arte e da comunicação, continue acompanhando nossos conteúdos! Quer saber mais sobre a Olive? Venha um tomar um café conosco!

Gostou? Acompanhe nosso Blogourmet!

Logotipo Olive Completa

Está corrido?! Que tal alguém pensando em marketing para sua empresa? A Olive Comunicação conta com uma equipe especializada e experiência para te ajudar neste mundo cão.

Vamos falar sobre?!

Procurando Conteúdo

Inscreva-se para receber conteúdos exclusivos, notícias e acompanhar projetos.